Enquadramento

“A dimensão progressivamente internacional da economia, estimulada pelas novas tecnologias de informação, está a gerar um novo espaço cujas fronteiras evoluem permanentemente. A capacidade de cada região em controlar a sua própria evolução dependerá cada vez mais desse espaço complexo e em expansão... Isto implica um novo conceito de Autarquia Local.” 
(Folmer e Nijkamp, 1985).

O Parque Empresarial de Valença apresenta-se como o projecto que se desenvolve dentro de uma estratégia do território delineada no seguimento de um estudo de identificação de factores de competitividade e oportunidades de investimento em matéria de desenvolvimento empresarial do Vale do Minho.

O Parque Empresarial de Valença insere-se no Vale do Minho, que é uma região caracterizada pela sua variedade paisagística, qualidade ambiental e recursos naturais com baixíssimos índices de agressão, que está servida por uma alargada oferta de serviços de turismo de qualidade, que é sabido ser uma forma privilegiada por empresários para receber os seus clientes, fornecedores e colaboradores.

Esta região beneficia de uma cultura ímpar que se manifesta nas suas várias vertentes patrimoniais (arquitectura, arqueologia, gastronomia, etnografia, natureza) e em condições sociais favoráveis, contando ainda com recursos humanos jovens e competitivos, oriundos da Escola Superior de Ciência Empresariais de Valença e também de algumas importantes Universidades, bem como de vários Centros de Formação e Escolas Profissionais direccionadas para diferentes actividades.

A intenção de localizar o Parque em Valença corresponde a uma estratégia de solidariedade intermunicipal, a qual não dispensa a referência aos restantes projectos de âmbito municipal de oferta de terreno infra-estruturado para localização empresarial no Vale do Minho.

O Parque possuirá estruturas funcionais e organizacionais vocacionadas para ter uma participação activa na gestão e organização do respectivo solo industrial, como igualmente dos Pólos Industriais dos restantes concelhos, coordenando o acolhimento empresarial e prestando serviços de vária ordem, designadamente do sistema de informação empresarial a implantar no Parque e dos serviços de formação e de gestão de reservas de mão-de-obra.

É nesta componente de serviços que o Parque Empresarial de Valença deve constituir uma oportunidade de promoção e desenvolvimento de todas as actividades económicas do Vale do Minho.

No seguimento de uma parceria estratégica estabelecida pela Vale do Minho – Associação de Municípios com a AEP – Associação Empresarial de Portugal, visando a implementação de uma política de fomento e desenvolvimento industrial, a Câmara Municipal de Valença, a VM-AM e a AEP (através da sua participada Parque-Invest – Sociedade Promotora de Parques Industriais, S.A.) constituíram a InterMinho - Sociedade Gestora de Parques Empresariais, Empresa Municipal, com a missão de dinamizar, promover e gerir o Parque Empresarial de Valença.

Foi assim dado início a um inovador processo de partenariado entre instituições públicas e privadas, na criação e dinamização de áreas empresariais.

 

Webdesign: Lineatura - Braga